17.11.20

Curso Feminino de Tiro


Oi gente, tudo bom? Há algum tempo, fui convidada a participar do I Curso Feminino de Tiro, realizado pelos meninos da Para Bellum Assessoria, e posso adiantar que essa foi uma das experiências mais legais que já tive a oportunidade de vivenciar.



Foto: Weliton Fonseca

Quem me conhece sabe, sou uma pessoa super medrosa, dentre os meus medos estava o de arma de fogo. Tenho amigos e familiares na polícia e tive pânico até de olhar, mas ao mesmo tempo, sempre gostei de filme de ação, principalmente os que tinham mulheres como protagonistas, lindas e poderosas combatendo o crime e tals. 


Foto: Weliton Fonseca


Bom, mesmo com medo, sempre sonhei com o momento em que eu pudesse fazer algo assim e foi quando surgiu o convite para participar do curso, e claro que aceitei. Uma coisa que aprendi com esse curso é que, todas nós chegamos lá com medos, angústias, perdas ou traumas mas, todas tinham o desejo de participar do curso como um meio de superação, adquirir autoconfiança, autoconhecimento, autocontrole e claro segurança.


Foto: Weliton Fonseca


O curso é dividido em duas etapas, a primeira é a aula teórica, onde aprendemos que armas de fogo não são perigosas, pois tudo é sob comandos e ordens, controle e direção de cano é tudo e sempre disciplina de gatilho. Aprendemos também nomenclaturas corretas, tipos de ações, munições e nunca mais diremos bala ou pente (entendedores entenderão 😂😂). 


Foto: Weliton Fonseca

Depois de todo conhecimento teórico, aprendemos a manusear armas de fogo até então desmuniciadas, qual era a postura correta, empunhadura perfeita e como usar a respiração a nosso favor. Este momento é bastante repetitivo, mas foi ali que entendemos a importância das normas de seguranças faladas a todo momento.  


Foto: Weliton Fonseca

Posso dizer com toda certeza que, a segunda etapa foi a melhor, porquê foi quando tivemos a oportunidade de atirar de verdade, foram 50 disparos para cada uma. No início foi complicado para mim, já que me assusto com facilidade, mas logo fui pegando o jeito, me sentindo forte e confiante. 


Foto: Weliton Fonseca

Ali com os óculos e fones de proteção, de frente ao alvo consegui desconectar totalmente com mundo a minha volta e me concentrar apenas na minha respiração, se eu pudesse definir em palavras o que senti a cada disparo seria uma transformação de medo e insegurança em força, confiança, equilíbrio entre corpo e mente.


E aí, já fizeram um curso de tiro ou tem interesse em participar? Me contem aqui nos comentários, ok!


Um beijo e um queijo! Fiquem com Deus e até o próximo post!

12 comentários:

  1. nossa que lindo relato, é sempre bom superar nosso medos. É claro que eu tenho vontade, pois eu tambem sou muito medrosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Mayssa, tudo bem? O bom de nos superarmos é que nos tornamos mais fortes, neh? Certeza que você ia gostar do curso, logo eles terão uma nova turma. 🙅🏼‍♀️🙅🏼‍♀️

      Excluir
  2. Adorei 😍😍😍 já quero fazer essa aula também 🙅🏼‍♀️🙅🏼‍♀️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh... fico muito feliz e faça mesmo, é ótimo! 😍😍

      Excluir
  3. Parabéns pela conquista e seu relato.faça mais cursos quanto mais estiver preparada mais confiança terá!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! 😍😍 Quanto mais aprendemos, mais preparados estaremos para os desafios da vida, não é mesmo?? 🙅🏼‍♀️🙅🏼‍♀️

      Excluir
  4. Parabéns pelo trabalho, seus relatos sempre bem descritivos e com uma visão magnífica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São feedbacks como esse que nos motivam a continuar! Obrigada Raul Zito! 😍

      Excluir
  5. Que incrível ver você se superando a cada dia ♥️ Parabéns Miigaaaa, sou sua fã

    ResponderExcluir